TANAKA  

Coluna do Tanaka #46

Tanaka fala da indignação dos motoristas por atitudes muitas vezes de má fé de agentes de trânsito da SETRAN

 Abutres da corte I

O atual modelo de gestão da Setran de Guarapuava tem se mostrado nocivo aos motoristas que circulam diariamente pelas ruas e avenidas. Tudo por conta da forma de agir dos chamados azuizinhos, que ficam as escondidas, com caneta e bloco de multas na mão. Outro dia este Japonês presenciou uma senhora com sintomas de AVC caída na via, quando surgiu na via uma viatura com dois azuizinhos dentro e que eles fizeram, simplesmente virar na primeira esquina. Demonstrando a completa falta de comprometimento com a população e cidade.

 

Abutres da corte II

Nos meses de novembro, dezembro e início de janeiro a ganância ou a fome é grande. Meses em que a frequência de visitantes é maior na cidade. Isso certamente é uma das falhas da legislação de trânsito, quando a multa só deveria ser aplicada, com a notificação pessoal do motorista. Não da forma que feita pelos azuizinhos. Imagina! As coisas já estão difíceis para o trabalhador, com IPVA e licenciamento para pagar. Como se isso não bastasse ainda tem os azuizinhos as escondidas ferrando com vida do trabalhador (as). Dizem na Boca Maldita que devem ganham uma bonificação extra.

 

Abutres da corte III

Com toda essa mudança de comportamento governamental no cenário nacional, nos municípios serão necessárias as próximas eleições para termos em cargos estratégicos pessoas com a capacidade criar programas e projetos de conscientização no trânsito e não como é feito no atual modelo que só está preocupado em arrecadar, ferrando com a vida das pessoas. Vale lembrar que isso também é reflexo da falta de uma Câmara de Vereadores atuante, que deveria acompanhar o trabalho dos azuizinhos da Setran.

 

Uns constrói, outros derrubam a casa

O desabafo do Japonês se faz necessário pela quantidade de pessoas que se dizem decepcionadas e indignadas com a forma de atuar dos azuizinhos. Enquanto o setor de comunicação desenvolve várias ações para promover a cidade, o prefeito Cesar Silvestri Filho percorre todo o Paraná convidando as pessoas para conhecerem Guarapuava e investirem, mas ao chegar na cidade a maioria das recepções tem sido com multas aos visitantes.

 

A lixeira do Madeiro

Após alguns dias do Jornal Extra Guarapuava ter denunciado as péssimas condições da lixeira que recebe os descartes do Restaurante Madeiro, as margens da BR 277, o cenário continua o mesmo. Só resta esperar a volta do recesso do Judiciário para saber o que o Ministério Público pensa disso. É lamentável e vergonhoso certas atitudes!

 

Vai de UBER?

Alguns motoristas de UBER, relataram a este Japonês, uma realidade que vem se tornando comum neste serviço. A violência e a falta de empatia para com estes motoristas, que utilizam seus veículos para trabalhar. As pessoas não respeitam, entram molhadas, vomitam por estarem bêbadas, algumas entram com mal cheiro. Só lembrando que os motoristas também avaliam o passageiro, viu!