Mobilização  

Manifestação em turvo pede pelo fim da violência contra a mulher

A morte da jovem Suelen Weber, no último sábado (02), motivou a mobilização

Foto: Organização da manifestação

Depois da morte da jovem Suelen Weber (18), no último sábado (02), a população de Turvo foi tomada por grande comoção. Vários grupos e informações circulam pelas redes sociais, e a partir disso surgiu também a organização da manifestação que vai as ruas nesse sábado (09), pedindo o fim da violência contra a mulher.

A manifestação, segundo informações divulgadas pelas organizadoras, terá início às 17:30 com concentração na praça municipal de Turvo a irá percorrer a avenida 12 de maio. Segundo Jessyka Rickli, psicóloga do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Turvo e uma das organizadoras do movimento, a manifestação irá contar com a participação de toda a comunidade em um ato pacifico, já que o caso comoveu toda a cidade e região. Um dos objetivos do movimento, além do pedido por justiça no caso Suelen, também visa o pedido de justiça por todas as mulheres e a busca pela igualdade. “Começou com o caso da Suelen, mas nós vamos lutar por todas as mulheres, alertando para essa situação, que todas têm direitos iguais e que não aguentamos mais essa situação onde todo dia uma mulher morre pela violência”, declarou a psicóloga.

Ainda segundo Jessyka a população da cidade está indignada com a situação, já que até o momento nenhuma informação oficial foi divulgada, e a cidade segue em luto pedindo por uma resposta para o caso.