Segurança  

Atropelamento de crianças na rodovia preocupa moradores da Palmeirinha

As crianças em período escolar acabam sendo as maiores vítimas no trânsito no local

FOTOS: João Muniz

Moradores do distrito da Palmeirinha solicitaram a presença da nossa reportagem nesta semana para mostrar as péssimas condições em que se encontra a rodovia PR-466, pela falta de uma sinalização adequada, passarela ou lombadas elevadas. De acordo com alguns populares esses itens essenciais poderiam dar mais segurança as centenas de pessoas que precisam atravessar a rodovia diariamente. Na última semana, uma criança sofreu um atropelamento após sair da escola. Socorrida, a criança foi hospitalizada e se encontra em observação médica. A reportagem vivenciou o trânsito de pessoas, com fluxo maior de manhã, ao meio-dia e final da tarde, quando os alunos se deslocam de suas casas até as escolas e creches. Atualmente são cerca de 3,5 mil moradores no distrito da Palmeirinha. Morando há cerca de 40 anos no local, Tobias Fiuza disse que presenciou dois atropelamentos com mortes neste trecho da rodovia. O morador afirmou a necessidade de melhorias da sinalização, bem como a construção de lombadas com elevação, em alguns trechos da rodovia que corta a localidade. A Palmeirinha é um dos distritos mais populosos de Guarapuava.

O  que diz o DER

No trecho da rodovia que corta o distrito a sinalização é precária

A reportagem questionou os técnicos do Departamento de Estradas e Rodagem (DER-PR), escritório de Guarapuava, onde os mesmos informaram que o setor de engenharia da prefeitura estaria fazendo um estudo para implantação de uma via marginal, bem como a construção de outro trevo de acesso próximo a escola e a ervateira. Com isso também se resolveria o escoamento das águas da chuvas. Quanto a construção de uma passarela, o técnico mencionou a dificuldade em fazer com que a população venha utilizar a mesma. Outro ponto crítico seria próximo ao posto de combustíveis, onde existe um acesso irregular, que deixaria o trânsito confuso no local, com a falta de visibilidade para motoristas e pedestres.