Segurança  

Família passa momentos de tensão durante assalto

Seis pessoas foram levadas como reféns durante a fuga dos bandidos

Uma família de Guarapuava passou por momentos de tensão noite passada (sexta-feira, 06), quando foi obrigada a seguir na fuga como reféns, juntamente com os bandidos que assaltaram a residência onde estavam seis pessoas, entre elas uma criança de oito anos de idade e um casal de idosos.

Os assaltantes também estavam em seis e aproveitaram o momento em que o morador abria o portão para tirar o carro, invadindo a casa, que foi revirada pelos marginais. O assalto aconteceu no bairro Alto Cascavel por volta das 21h. Com a família junto, os bandidos levaram duas caminhonetes além de um cofre.

Já era madrugada quando a PRF (Polícia Rodoviária Federal) foi acionada para prestar atendimento à família, libertada no km 368 da BR-277, perto do Candói, onde também foi abandonada uma SW4 preta.

O outro carro foi recuperado numa ação conjunta da PMPR e da PMSC na cidade de Dionísio Cerqueira, distante cerca de 300 quilômetros de Guarapuava, no Estado de Santa Catarina. Segundo a polícia, quem dirigia o veículo era um homem de nacionalidade argentina, identificado como Elio Nicolas dos Santos, que disse apenas ter recebido o carro na região de Pato Branco e que o levaria até a Argentina. Ele foi preso e sua participação nos crimes já está sendo investigada. O veículo foi removido ao pátio terceirizado da PRF e o autor para delegacia da Polícia Civil de São José do Cedro (SC).

Bastante abalada, a família prestou depoimento na 14ª SDP de Guarapuava. A polícia, agora, tenta identificar os criminosos.

(Na foto cedida pela PRF, o argentino preso em Santa Catarina)