NA PALMA DA MÃO  

App sobre prevenção do câncer é lançado em Guarapuava

O "Cuidar" foi apresentado na noite da última segunda (12) pela Faculdade Guairacá. Bianca Garcia, coordenadora das Clínicas Integradas, conta que a instituição quis inovar nas suas tradicionais campanhas. Deu certo

“A ideia do app é que todos os usuários das UBSs guarapuavanas tenham em suas mãos informações  pertinentes sobre essas doenças”, conta Bianca Garcia (Foto: Assessoria)

 

Na noite de segunda-feira (12), A Faculdade Guairacá realizou a cerimônia de lançamento do aplicativo de celular Cuidar, que leva informação sobre câncer de mama, câncer de colo de útero e câncer de próstata. A ação faz parte da campanha Outubro Rosa e Novembro Azul promovida em parceria com diversas entidades do município.

De acordo com a coordenadora administrativa das Clínicas Integradas Guairacá, Bianca Raquel Garcia Pereira, a campanha Outubro Rosa e Novembro Azul faz parte do calendário de ações da instituição há 5 anos. Tradicionalmente, eram desenvolvidas anualmente revistas informativas sobre a temática e esse ano a ideia foi inovar. “A ideia do aplicativo é que todos os usuários das Unidades Básicas de Saúde UBS) tenham em suas mãos informações pertinentes sobre essas doenças, bem como, orientações sobre como colocar em prática a sua prevenção”.

O professor Carlos Eduardo Andrade Iatskiu, coordenador do curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas da Guairacá, acompanhou o desenvolvimento do projeto e destacou que essa é uma tendência, visto que a busca por informação por meio de aplicativos no celular já ultrapassa a busca em computadores. “A revista tem seu tempo útil e provavelmente ficaria em uma gaveta, sendo esquecida em determinado momento. Acreditamos que o aplicativo traz uma solução a longo prazo”.

A secretária municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, Priscila Schran de Lima, esteve presente na cerimônia de lançamento do aplicativo. Ela contou que no Brasil o que mais mata as mulheres é o feminicídio. Em Guarapuava, há registro de apenas um feminicídio, em contrapartida, são 25 mortes de mulheres por câncer de mama e colo do útero. “Tratando de um crime conseguimos ter um fluxograma para que todos saibam o que fazer quando essa mulher está em risco. Também precisamos ter um fluxograma para quando a mulher descobre que tem câncer, e mais, incentivá-la a cuidar da saúde para que no primeiro sinal ela já possa se tratar e se curar”.

O diretor executivo da Faculdade Guairacá, Evilásio Gentil de Souza Neto, afirmou que o projeto trará grandes benefícios à população. “Tínhamos até então muitos projetos voltados ao Outubro Rosa e Novembro Azul, mas, pela primeira vez, estaremos atingindo toda a região. Esse é um passo simples, de um aplicativo, mas também bastante significativo, de colocar à disposição maneiras simples de acompanhar o desenvolvimento do estágio do câncer e, mais que isso, de mostrar como procurar assistência médica de qualidade”.

 

PASSO A PASSO

1. Acesse, no seu celular, a loja de aplicativos do sistema Android
(por enquanto), pesquise por “Cuidar Guairacá” e clique em instalar;

2. Depois, acesse o aplicativo e escolha se você quer informações
sobre homem ou mulher;

3. É só utilizar!