Saúde  

A pedido de Cristina Silvestri, Estado antecipa repasse ao Santa Tereza

Solicitação da deputada considerou situação de emergência que levou colaboradores da instituição a decretarem greve por falta de pagamento

Foto: Ascom

O Governo do Estado atendeu em menos de 24 horas o pedido da deputada estadual Cristina Silvestri e já depositou na conta do Instituto Virmond o repasse financeiro que estava previsto somente no final do mês, beneficiando as centenas de funcionários que estão com salários atrasados. A parlamentar fez a solicitação diretamente ao secretário de Estado da Saúde, Carlos Alberto Gebrim Preto, considerando a situação de emergência que levou colaboradores da instituição a decretarem greve por falta de pagamento.

A direção do Hospital Santa Tereza confirmou na manhã desta terça feira (19) que o dinheiro já se encontra à disposição e os salários começarão a ser pagos.

“Apesar de o governo ser novo, desde janeiro nós estamos realizando reuniões sobre o Santa Tereza, principalmente sobre a crise financeira que atinge a instituição. O secretário da Saúde já está a par da situação da instituição e, o que estiver ao alcance do Estado, será feito para solucionar problemas pontuais”, diz a parlamentar.

Em poucas semanas, desde que assumiu o novo mandato na Assembleia Legislativa, esta é a segunda intervenção de Cristina Silvestri que rende resultados positivos para o Santa Tereza. A primeira gestão junto ao novo Governo Estadual viabilizou o remanejamento de recursos para o setor de ortopedia e provocou a normalização do serviço de ortopedia, que também havia sido paralisado por falta de pagamento dos médicos. Estas recentes conquistas acontecem num momento delicado do Santa Tereza, que há anos enfrenta uma grave crise administrativa e financeira.

Cristina Silvestri está repetindo no Santa Tereza o trabalho que sempre fez pelo São Vicente, que até pouco tempo atrás era o único hospital filantrópico de Guarapuava. Com a inclusão do Santa Tereza nesta categoria jurídica, habilitando-se a receber recursos governamentais, a deputada passou a direcionar esforços também para esta casa hospitalar.

“A saúde é uma das frentes deste meu mandato. Quero implantar uma regionalização da saúde e isso inclui colocar em pleno funcionamento todos os nossos hospitais, assim como o Santa Tereza”, diz Cristina, relembrando que Guarapuava e região contará, em breve, com o Hospital Regional e futuramente com o Hospital do Câncer.