POLÍTICA  

Equipe de secretários de Ratinho Junior já tem alguns nomes definidos

Ratinho Junior, ressalta como premissa conciliar o conhecimento técnico com o compromisso de fazer um governo austero e inovador.

Há poucos dias de tomar posse como novo governador do Paraná, Ratinho Junior vem indicando alguns dos personagens que vão fazer parte do secretariado e 1º escalão de Governo. Estão confirmados os nomes do jornalista Hudson José, como secretário de comunicação, do advogado Raul Siqueira, na Controladoria Geral do Estado, deputado estadual Guto Silva (PSD) para a Chefia da Casa Civil, Segurança Pública, o general Luiz Felipe Carbonell, para Educação, o professor Renato Feder, na Procuradoria Geral do Estado, procuradora Leticia Ferreira da Silva. O deputado federal cascavelense, Evandro Roman deverá ocupar a secretaria de Esportes e Turismo. Outro nome forte que faz parte da equipe de transição é do Reinhold Stephanes, que deverá ocupar uma das pastas de destaque.

De acordo com Ratinho Júnior, a escolha segue a mesma linha dos nomes para outros já anunciados: conciliar o conhecimento técnico com o compromisso de fazer um governo austero e inovador.

 

IDENTIDADE COM O PARANÁ

 

O jornalista, Hudson José atuou na área de economia e negócios. Foi correspondente da Gazeta Mercantil em Curitiba, repórter especial de economia da Folha de Londrina e colunista da Gazeta do Povo, analisando estratégias de marketing digital em campanhas políticas. Foi o coordenador de Comunicação da campanha de Ratinho Junior.

Em entrevista à imprensa ele falou da sua missão que lhe foi dada pelo governador eleito é a promoção do Paraná. Usar a comunicação para promover o estado e atrair investimentos em todas as áreas. “Nós vamos consolidar o projeto do governador e a Comunicação Social será uma das bases da promoção do estado, com transparência e inovação”.

Já Guto Silva foi escolhido pela sua dinâmica, com bom relacionamento com as lideranças políticas do Paraná, tem trânsito, é respeitado em todos os segmentos da sociedade e já acumula uma boa experiência na atividade parlamentar. “Apesar de ser uma casa política, vamos tentar dar um viés diferente. A linha nova é trabalhar por projetos específicos, projetos estruturantes que vão projetar o Paraná por 20, 30 anos”, frisou Guto.