DESTAQUE  

Aos 90, seu Mario articulou a campanha de Ratinho no Turvo

Conheça um pouco da história desse senhor que ajudou a eleger o novo governador do Paraná no município vizinho, com 52,2% dos votos válidos

O pleito eleitoral reviveu uma amizade que dura mais de 30 anos, entre Carlos Massa e Mario Borges, na foto com o agora governador, Ratinho Junior (Foto: Reprodução)

 

João Muniz

Nesta edição, nosso destaque é o senhor Mario Borges, que aos 90 anos de idade foi convocado por Carlos Massa (Ratinho), para que coordenasse no Turvo a campanha de Ratinho Junior ao governo do Paraná. Em uma entrevista exclusiva, seu Mario, ainda com boa memória, contou um pouco da sua história de luta, juntamente com outros pioneiros, desbravadores que contribuíram para a fundação e formação do município, quando em 14 de dezembro de 1953, era criado o Distrito Judiciário de Turvo, com território pertencente a Guarapuava, se tornando município no dia 12 de maio de 1982, pela Lei Estadual nº 7.576 e instalado oficialmente no dia 1º de fevereiro de 1983.

“Na época, eu tinha empresas em Curitiba e juntamente com minha primeira esposa (hoje falecida) viemos para Turvo e compramos duas fazendas, atendendo a um pedido do deputado Renato Jhonson, para coordenar a campanha dele na região, dando assim início à nossa história de luta em defesa de Turvo”, conta ele. “Graças a esse apoio recebemos as primeiras máquinas, veículos, viaturas, estrutura administrativa, que contribuiu em muito com a gestão do então prefeito José Pereira”, afirmou. O pecuarista elenca outras conquistas como a balsa que liga Turvo a Candido de Abreu, ressaltando sua intermediação junto a representantes do governo do Estado da época. Atualmente, seu Mario gerencia os trabalhos como pecuarista, além de administrar um hotel no Centro da cidade. Turvo conta com 13 mil habitantes.

 

CONQUISTAS HISTÓRICAS
Ele relembra que há pouco tempo implantou por conta própria uma antena para sinal de celular e internet, beneficiando os moradores das comunidades Cachoeira dos Mendes e Carriel. Outra ação que chamou a atenção da comunidade turvense foi a intervenção do empresário para que o hospital não viesse a fechar, devido a dívidas pendentes. “Na primeira vez que o diretor da instituição me procurou dizendo que teria que fechar o hospital eu disse a ele, que ‘enquanto Mario Borges estiver vivo esse hospital não fecha’. Fui a Curitiba e junto com o deputado Luiz Eduardo Cheida, trouxemos aqui o secretário de Estado de Saúde, que por duas vezes garantiu os recursos necessários para a unidade hospitalar”, reiterou. Se Mario deixa claro que não foi o único munícipe nesta luta para manter o hospital em atividade. Religiosos e outros cidadãos também tiveram suas parcelas de contribuição.
Ainda pelas mãos deste turvense foram implantados os primeiros telefones públicos, chamados na época de “PS”, sendo que o 1º foi na Colônia Velha Ivaí, encaminhado via deputado Renato Jhonson. Ele também atuou nas campanhas de Luiz Carlos Cetin, Luiz Eduardo Cheida, Alex Canziani e mais recentemente, da deputada federal eleita, Luisa Canziani.

 

NUNCA OCUPOU UM CARGO ELETIVO
Questionado pela reportagem sobre o fato de nunca ter disputado uma eleição ou ocupado um cargo eletivo, seu Mario foi enfático ao afirmar que não se sentiria confortável num cargo de prefeito pelo fato de ter várias atividades diárias no setor da pecuária e na empresa hoteleira. “Mesmo assim, na minha casa, todos os dias atendo inúmeras pessoas e sempre que posso ajudo de alguma forma”, frisou. Mesmo não tendo ocupado cargo nenhum, ele exibe orgulhoso um quadro com a sua nomeação de assessor parlamentar, lotado no gabinete do deputado estadual Luiz Eduardo Cheida, datado de 2010.

Na imagem, um dos momentos da política turvense (Foto: Divulgação)

Ele conta que para responder a críticas resolveu registrar a candidatura da sua atual esposa, Juliane Vernnek, ao cargo de vereadora, tendo ela sido eleita por dois mandatos. No 1º mandato foram 469 votos. Já no 2º mandato, foram 330, num período em que sua esposa enfrentou uma luta contra um câncer. Ele lembra que Juliane, durante oito anos de mandato, fez um trabalho diferenciado na Câmara de Vereadores, como fiscal na aplicação dos recursos públicos, sendo também a vice-presidente da Comissão que apurou e investigou o ex-prefeito Nacir Bruger – o processo ainda corre na Justiça.
“Eu respeito todos os gestores que governaram este município. Cada um deixou sua contribuição de conquistas e desenvolvimento. Pena que alguns deles, nos cargos de prefeito ou vereador, não tiveram o reconhecimento merecido. Eu mesmo por diversas vezes sofri críticas infundadas”, revela seu Mario, que têm dois filhos e um neto. 

Na foto, seu Mario com a esposa, Juliane Vernnek (Foto: Arquivo pessoal)

 

Ratinho Junior conquista 52,2% dos votos válidos em Turvo

Coordenando a campanha, juntamente com uma equipe de trabalho e apoiadores, seu Mario Borges ajudou a conquistar 52,2% dos votos válidos para o governador eleito, Ratinho Junior. A 2ª colocada, atual governadora, Cida Borghetti obteve 22,8% dos votos. Foram 4.346 votos de Ratinho, contra 1.989 votos de Cida. Seu Mario esclarece que ‘não foi gasto nenhum centavo sequer pelo candidato durante a campanha no município de Turvo. “Assumi os trabalhos da campanha pela amizade de mais de 30 anos que tenho com o apresentador e comunicador Ratinho. Estou otimista que vamos ter, a partir de agora, grandes conquistas para o município e para a população”, acredita ele.

 

PROJETOS ESTRATÉGICOS
Seu Mario Borges pretende levar ao agora governador Ratinho Junior uma pauta de demandas para Turvo. Entre elas estão o apoio nas melhorias de estradas no interior e recursos para a Saúde, como também a liberação de recursos de forma imediata para a pavimentação asfáltica da estrada que liga a rodovia PR-466 até o distrito onde está localizada a empresa de papel Ibema. “Eu avalio que precisa ser umas das primeiras ações, porque aquela estrada não pode continuar do jeito que está, cheia de buracos. Também vamos defender a duplicação da rodovia que liga Guarapuava a Pitanga, e que passa pelo Turvo. Não podemos mais continuar vendo todos os dias pessoas sofrendo acidentes, e muitos desses acidentes com mortes”, chama atenção.

Ele destacou os avanços do município sob a gestão do prefeito Jeronimo Gadens do Rosário. “É um jovem gestor, assim como Ratinho Junior e ambos certamente vão fazer um brilhante trabalho pela população. No que eles precisarem de apoio nós estaremos aqui para ajudar e defender a vinda de recursos”, afirmou. Ele defendeu ainda o apoio aos pequenos e médios agricultores, e alternativas de atividades agrícolas nas propriedades, como a produção de frango e a criação do bicho-da-seda, garantindo maior renda e empregos às famílias.

 

SISTEMA DE SAÚDE
O pioneiro ressaltou também que mesmo com a entrada em operação do Hospital Regional de Guarapuava, defende uma política pública de saúde, onde a população não precise sair para outras cidades em busca de atendimento médico. “Precisamos fortalecer nosso hospital, as Unidades Básicas de Saúde e os profissionais, para que a população tenha um bom atendimento médico aqui mesmo no município”, reiterou. Seu Mario disse que ainda neste mês de outubro tanto o governador eleito, como seu pai Ratinho deverão vir ao município, num gesto de agradecimento.