Destaque  

Extra, extra! A edição 370 já está nas bancas!

Confira o que te espera no jornal desta sexta-feira (03)

 

Da Redação

 

Finalmente é sexta-feira, dia de mais uma edição do jornal Extra Guarapuava. Chegamos ao número 370 trazendo como matéria de capa (que você confere nas páginas 6 e 7, e não na 4 como saiu na capa – falha nossa) detalhes da 43ª Exposição-Feira Agropecuária e Industrial de Guarapuava, que começa também nesta sexta (03). No editorial, lançamos a pergunta:

 

“E LÁ VAMOS NÓS PARA MAIS UMA EXPOGUA?

Mais um ano, mais uma edição da Exposição-Feira Agropecuária e Industrial de Guarapuava. Já é a quadragésima-terceira e por mais esforço que exista por parte dos organizadores, parece que falta alguma coisa. As atrações são inúmeras, isso é fato, e sabemos reconhecer. Mas, ainda assim parece que falta alguma coisa. É que quando chega a época da feira, é impossível não lembrar das edições dos tempos áureos de festa (será que era mais divertido porque éramos crianças e tudo era lindo?), quando as luzes pareciam mais coloridas ou quando as guarapuavanas brilhavam lindíssimas com seus vestidos de gala na passarela montada no Ginásio de Esportes Joaquim Prestes para a escolha da Rainha da Maçã, com o público lotando o espaço, ansiosos para o concurso e para o grande show, sempre de um artista renomado (lembramos de Fábio Jr, Elba Ramalho, Alcione e até o Jimmy Cliff!). A Festa da Maçã era realizada junto com a Expogua. Era uma atração à parte, mas estava no calendário e tinha público para isso.

O que aconteceu com o público dos últimos anos? Deixou de prestigiar o evento por quê? Porque os tempos são outros ou o que? Cada um vai dizer um motivo. Ou dois, ou três. Outro fato é que a Expogua precisa se reinventar, assim como a Fanfarra do Carneiro Martins que chega aos 50 anos de existência com novo fôlego (leia na página 4). Até mesmo os guarapuavanos podem dar ideias para a Feira ganhar novos ares, novas cores.

Mesmo assim, não deixe de prestigiar. Reserve um dia para você e sua família se divertirem no Parque Lacerda Werneck. A tradição se mantém. Precisa de mudanças, mas se mantém.”

A edição nº 370 também traz um grupo de mulheres guarapuavanas que decidiu enfrentar a resistência do assunto e participou do primeiro Curso de Mecânica Básica, “pensado e estruturado com muito carinho pela diretoria da ACROL (Associação Comunitária Rocha Loures). Notícias da Guairaca, Delegado Francischini numa entrevista para a ADI-PR, Copa PMPR de Jiu-Jitsu, seletiva do Fluminense e show nacional de graça no Sesi também são destaque.

Boa leitura!