CULTURA  

Apresentação do Coral dos Anjos tem público recorde de 30 mil pessoas

A cena se repete há 13 anos, mas é impossível não se emocionar com a entrada dos anjos no Parque do Lago.

A 13ª edição do Coral dos Anjos bateu recorde de público. Trinta mil pessoas assistiram ao espetáculo que abriu a programação natalina da Prefeitura de Guarapuava e comemorou os 199 anos da cidade, neste domingo (09). Foi uma noite de encanto, união e fraternidade para contar a história do nascimento de Cristo. “O Coral dos Anjos tem um significado muito especial para os guarapuavanos, pois as crianças das escolas municipais entoam canções que nos fazem refletir sobre os mais belos sentimentos. Os nossos anjos mensageiros nos enchem de esperança e de amor, nos fazendo refletir sobre os ensinamentos de Jesus Cristo”, disse o prefeito Cesar Silvestri Filho.

A cena se repete há 13 anos, mas é impossível não se emocionar com a entrada dos anjos no Parque do Lago. Ao som de Conquest of paradise, do compositor grego Vangelis, os 3 mil alunos das 38 escolas municipais envolvem o local num grande abraço. “Guarapuava merece esse grande presente, esse momento de louvor a Jesus, que veio ao mundo de uma forma tão simples e transformou o mundo. Ele se faz presente aqui, tocando o coração de cada um de nós”, refletiu a secretária de Educação e Cultura, Doraci Senger Luy, agradecendo a todos que trabalharam para que o espetáculo fosse um sucesso. “São cerca de 1.000 pessoas, entre funcionários das escolas e da prefeitura, além de voluntários que nos auxiliam nessa noite tão especial”.

 

Para garantir um bom lugar para assistir o espetáculo, guarapuavanos e visitantes chegaram cedo. Para que ninguém perdesse nenhum detalhe, foi instalado um mega telão na rua Salvatore Renna, além disso teve transmissão ao vivo pelo instagran. Entre os voluntários do espetáculo, estava a escoteira do Grupo Guara Puava, Emilly Goetzinger, 16 anos. “Somos em um grupo de vinte escoteiros ajudando na segurança dos anjos para que nenhuma pessoa ultrapasse a linha. O coral é uma tradição da cidade, que deve ser mantida, pois une as famílias. Eu, por exemplo, quando era menor participava de todos os corais e minha família toda me assistia. Agora estou ajudando de alguma forma. É uma honra”.

Na plateia, a dona de casa Andressa Aparecida Lopes, 21 anos, curtiu cada momento. Olhando para os anjos, ela espera que seu filho seja um deles em alguns anos. “Resolvi vir com meu filho para curtir esse momento tão espertado do Natal. Meu menino ainda é pequeno, tem três anos, mas quando crescer quero que ele participe do coral também. Vai ser ainda mais emocionante”, comentou.

Mais emoção ainda para quem integra o Coral dos Anjos, o maior coral infantil do Brasil, segundo o RankBrasil. Jéssica Vitória Andrade, 11 anos, disse que achou o espetáculo bonito e tocante. “É a terceira vez que me apresento, mas todo ano é uma sensação diferente. É difícil de conter e sempre acabo chorando de emoção. Com certeza a melhor parte de tudo são as músicas e ver tantas pessoas cantando juntas”, destacou a aluna da Escola Municipal Benedita dos Santos.

Para arrancar mais aplausos e gritos de quem esteve no Parque do Lago, teve a tradicional queima de fogos. “Acredito que aqui todos se emocionaram e partilharam de um sentimento coletivo de alegria e orgulho por Guarapuava realizar um espetáculo tão grandioso e emocionante. Um evento que já se tornou estadual, pois sabemos que temos visitantes de Cascavel, Ponta Grossa, Curitiba e outras cidades do Paraná”, destacou o vice-prefeito e secretário de Obras e Turismo, Itacir Vezzaro.