AH, ESSA GENÉTICA...  

A beleza ruiva novamente nas lentes de Jeferson Tiago

Depois do sucesso do projeto "Red Heads", estampando a ruivice de abençoados guarapuavanos, o fotógrafo retorna com a segunda edição em lindas imagens

Pedro Aurélio Morgado é um desses seres abençoados pela ‘ruivice’ (Foto: Jeferson Tiago)

 

Jonas Laskouski

 

O Extra Guarapuava pede sua atenção para um momento de rara beleza.

Rara porque ter a pele clara, cabelos vermelhos e sardas quase que apaixonantes faz parte de apenas 1 a 2% da população mundial. Esse “q” carregado por pessoas ruivas não é sorte, nem mistura de cabelos claros e escuros ou coincidência, e sim, uma mutação genética trazida ao corpo por um abençoado gene recessivo, tornando essa espécie única e que chama a atenção de olhos sensíveis.

É justamente esse olhar diferenciado que mais uma vez capta a beleza do ruivo natural. E aqui em Guarapuava. Yes! Para alegria de muitos, temos ruivos e ruivas na cidade, donos e donas de uma quase perfeição (quase, porque o ditado diz que ninguém é, rs) que merece ser registrada. Mais uma vez, o fotógrafo Jeferson Tiago celebra as diferentes tonalidades do ruivo. O ensaio “Red Heads 2” mostra novas caras, repetindo apenas o sucesso da primeira edição que deixou muita gente admirada. Este editor, inclusive, registrou o lançamento do projeto quando trabalhava em outro veículo de comunicação, mas quando aquele portal mudou de provedor muito material se perdeu. O texto do primeiro “Red Heads” permanece no arquivo, mas as imagens não vieram junto (somente no citado site, mas não no portfolio do profissional) para a tristeza desse jornalista e também do fotógrafo. Mas vamos ao que interessa:  a sensibilidade de Jeferson e a beleza dos modelos.

 

Luz, câmera, Gabrielle (Foto: Jeferson Tiago)

 

“Não queria repetir os mesmo modelos da primeira edição, pois queria mostrar que ainda têm muitos ruivos conosco e que sim, eles são maravilhosos! Acabar com este preconceito com as sardas (que ainda existe) e mostrar que estes 2% da população mundial são muito notáveis com a beleza única que cada um deles possui, além de mostrar como é linda essa diversidade deles!”, disse o fotógrafo ao Extra.

 

O FOTÓGRAFO

Jeferson Tiago em ação (Foto: Arquivo pessoal)

 

Desde sempre fã da arte de fotografar, Jeferson Tiago registrava tudo já moleque. “Eu acaba com os filmes da família” brinca ele. “Quando tive meu primeiro celular com câmera, ‘vish’, foi maior ainda a vontade de fotografar (isso em meados de 2011, onde tudo isso era novidade). A busca pelos conhecimentos técnicos dessa arte, começou aos 18 quando teve em mãos aua primeira câmera fotográfica. “Participavas de oficinas de fotografias, olhava tutoriais pelo vasto mundo da internet, trocava ideias com profissionais da área, conhecia muita gente e sempre aprendendo coisa nova. Foi quando comecei a fotografar mais pessoas do que paisagens”.

 

Criador ou criatura?  (Foto: Arquivo pessoal)

 

Com a finalidade de mostrar Guarapuava através de seus olhos, o fotógrafo se apaixonou de vez pelo trabalho e vai além, sempre, segundo ele “aprendendo com grandes profissionais da área” (muitos aqui de Guarapuava). “Desde 2013, busco aprimorar minhas ideias e projetos, mostrando o que há de melhor e lindo na nossa cidade e em diversos outros lugares, até onde minhas lentes podem alcançar. Afinal, momentos acontecem para serem gravados”.

Verdade, Jeferson. E o momento, agora, é dos ruivos. Veja mais alguns cliques e confira o ensaio completo e mais trabalhos do fotógrafo aqui nesse site e também nas redes sociais. Participaram do “Red Heads 2”: Pedro Aurélio Morgado, Gabrielle Carvalho Zambon, Alaiane Stadler e Manu Iatskiv.

 

Manu Iatskiv e sua beleza ímpar (Foto: Jeferson Tiago)

 

Também de Guarapuava, Alaiane Stadler. Sublime (Foto: Jeferson Tiago)

 

Pedro novamente, finalizando esta matéria. Segundo Jeferson, “foi difícil encontrar um homem ruivo para esta segunda edição” (Foto: Jeferson Tiago)