Agricultura  

Produtores fazem visita técnica em Guaraniaçu

A ação foi promovida pela Secretaria de Agricultura e Turismo e Emater, com o objetivo de conhecer projetos autossustentáveis que são destaque na região

Com um ponto de comercialização e diversas agroindústrias, Guaraniaçu é referência em organização. Na foto, os produtores no almoço oferecido pela Dina Massas (Foto: Flávia Mugnol)

 

A Secretaria de Agricultura e Turismo, junto com o Emater de Guarapuava, promoveu no dia 27 de setembro, uma visita técnica às agroindústrias familiares de Guaraniaçu. A excursão foi organizada pela Emater e contou também com a presença de produtores do Turvo. Os visitantes puderam conhecer a realidade de agroindústrias de massas, embutidos, queijos e ponto de venda de produtos da agricultura familiar daquele município. “Esses produtores contam com assistência técnica e estão inseridos nos projetos da Secretaria de Agricultura e demonstraram interesse em fabricar esses tipos de produtos”, explicou a nutricionista Michele Dal Santos, que atua no setor de divisão de Agroindústrias. De acordo com ela, os produtores inseridos atuam dentro projeto Caminho de São Francisco. “Alguns desses produtores já estão oferecendo café colonial, almoços rurais e outros atrativos para os turistas que desejam ter contato com a natureza, a agricultura e as tradições locais”, frisou.

 

AGENDA
A primeira parada foi para um café da manhã no ponto de venda do Embutidos PASA, onde foram oferecidos diversos tipos de salames e linguiças. Após a degustação, a turma conheceu a fábrica, onde viram o funcionamento, além dacomercialização dos produtos. Os produtores também conheceram duas queijarias, Queijos Tonial e Brandalise Queijos, que utilizam mão de obra familiar e conseguem, mesmo com pequenas áreas, agregar valor à produção através dos queijos coloniais. O almoço foi na visita à Dina Massas, com comidas típicas, no melhor estilo típico rural.
Para finalizar os produtores puderam conhecer o Celeiro do Produtor no Centro de Guaraniaçu. No local são comercializados os mais diversos tipos de produtos de agricultores familiares, desde hortaliças, frutas, pães, cucas, bolachas, amendoins, embutidos, queijos, açúcar mascavo, fubá e feijão, entre muitos outros.

 

ASSISTÊNCIA TÉCNICA
A organização da visita técnica destaca a importância de envolver os técnicos da Secretaria de Agricultura, do Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SIM/POA), da Divisão de Agroindústria e da assistência técnica e sanidade dos bovinos de leite e os técnicos da Secretaria de Turismo juntamente com os produtores nesse tipo de viagem técnica. “Conhecer outras realidades traz bons exemplos que podem ser utilizados em Guarapuava como forma de incentivar a diversificação da produção, aumentar a renda das famílias rurais, enriquecendo o agro turismo e incentivando a legalização da produção, trazendo segurança para os consumidores”, disse o vice-prefeito Itacir Vezzaro, que esteve junto no intercâmbio.